fbpx

Da série, contos curtíssimos, 30

Abril 19, 2020 contos curtíssimos

Nós e os outros cá dentro.

.

Seguia os dias com uma leveza que desconhecia em si.

Ia permitindo que estes lhe abrissem as portas das perguntas por responder. Daquelas cujas chaves julgava perdidas no fundo do bolso de um qualquer casaco de Inverno, daqueles que esquecemos propositadamente até à próxima estação fria e chegada ela, já não nos revemos nos seus panos pejados de borbotos de grande qualidade e permanência desavergonhada.

Essas suas portas revelavam-lhe novas divisões onde podia apenas ser, ao mesmo tempo que lhe permitiam ver aumentada sequencialmente a casa que escolhera para si.

Dias havia em que nós e os outros cá dentro nem nos encontrávamos, tamanha era a tipologia deste abrigo. E estava tudo bem quanto a isso pois cada um sabia exactamente o caminho para as divisões originais da casa, aquelas que imutáveis permaneciam para sempre para e por nós.

Chilreiam em mim ecos de vidas livres, procuro acolhê-los, agradecendo.