fbpx

Da série, poemas mas, 17

Julho 3, 2019 poemas mas

Escrever o concreto

Quero saber escrever o concreto

saber olhar o que me abeira

e dele ver com que me encher.

Extrair ao mundano o belo,

devolver ao mundano o belo.

Em síncope amena

de uma certeza que quero simples.

Quero saber escrever o concreto

para que nele me saiba manter.

Na humilde pretensão da invisibilidade

que ombreia com quem partilha o passeio.

Palavras no concreto,

pessoas no concreto.

Palavras que sirvam a pessoas concretas.