fbpx

Da série, contos curtíssimos, 22

Junho 24, 2019 contos curtíssimos


O aleatoriamente premeditado

Seguia rua acima, rua abaixo um guarda-roupa francês, já fora de mogno tratado, portas embutidas e ferragens cravadas no tempo em que tal se usava. Vitima do seu tempo, de um agora sonsamente aleatório embora mais declarado e trabalhoso que sempre. Afinal, dá imenso trabalho estar-se arranjado, desarranjando-se detalhada e demoradamente todas as manhãs.