fbpx

Da série, contos curtíssimos, 15

Abril 4, 2019 contos curtíssimos


A aldeia das esquinas

Seguia uma aldeia, com as suas ruas, com as suas casas e esquinas, que, insufladas de desordem invadiam o caminho oferecendo uma leve claustrofobia inclinada a quem ousasse lá passar.

Ah! E havia também as pessoas, poucas, contidas, espantadiças. Delas guardo uma transitória recordação que não tivera tempo de se fixar.

Daquelas vidas em fragmento como das suas portas entreabertas, deixando sair um furtivo olhar a quem passasse, espiavam-se momentos que poderiam ter sido outros, mais belos não fossem as esquinas que os ocultavam.