fbpx

Da série, restos de ontem, 6

Fevereiro 22, 2019 restos de ontem





Carro de praça

Chama o carro de praça para se puder ir à vila mulher!

Antes das caminhadas, das autonomias e da velocidade imediata. Antes de se ser remediado, que sucedeu ao pobre e antecedeu ao folgado estavam estas normais necessidades prementes de serem atendidas depois de um circular discar de números no telefone do café ou de um pré-acordo já apalavrado.

Verde e preto, sério e cumpridor, ardina motor e veículo humanizado.