fbpx

Da série, contos curtíssimos, 10

Fevereiro 21, 2019 contos curtíssimos





A garrafa que coleccionava decepções

Seguia mais um dia de adição, olhando para as suas garrafas envidraçadas.

Tinha-as metodicamente organizadas por ano, por espécie, por amor, por dia e hora.

A cada entrada do seu grande e vasto conjunto de volumes encadernados à antiga, cunhados a ouro velho, coleccionava sem as trocar as desilusões que tinha em repetido.

Sólidos eram os seus sonhos, líquidas as suas decepções.